Goleiro Bruno é condenado a 22 anos e três meses de prisão

Chegou ao fim o julgamento do goleiro Bruno Fernandes de Souza, de 28 anos. O jogador foi condenado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado da modelo Eliza Samudio e de Bruninho, seu filho, e sentenciado a 22 anos e três meses de prisão pela juíza Marixa Fabiane Rodrigues, no Fórum de Contagem (MG), na madrugada desta sexta-feira. O jogador já está preso há 2 anos e 8 meses, que serão creditados diretamente da pena, e poderá progredir para o regime semiaberto em 2017.

 

Fonte: Lancenet

Este post tem 0 Comentários

Deixe seu comentário